NEWS

Entenda as diferenças entre Alergia e Intolerância Alimentar

A intolerância alimentar é muito confundida com alergias alimentares, mas as causas são diferentes, assim como o tratamento. A principal diferença, no entanto, é o tipo de resposta que o organismo dá para cada uma delas.

Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia, “na última década, os casos de alergia alimentar subiram 18% nos EUA” e estima-se que hoje, uma em cada dez pessoas tem reação adversa à lactose. Por isso, é muito importante estar atento à alimentação e aos sinais que essa condição dá.

A alergia se dá de forma imediata, o corpo cria anticorpos contra o alimento, tendo assim a reação de forma generalizada. As principais causas na infância, por exemplo, são o leite de vaca, as proteínas caseína, alfaloctoalbumina e beta-lactoglobulina. Já na intolerância alimentar, ou reação tardia, a comida é ingerida ou absorvida de forma incorreta e os sintomas surgem, principalmente, durante a digestão, devido a reação inflamatoria no trato digestivo.

A intolerância ocorre com mais frequência e pode afetar qualquer pessoa, independente do fator hereditário. E a alergia alimentar, geralmente, é um problema hereditário e raro, sendo comum entre pessoas da mesma família.

Sintomas

Podemos dizer que, o que melhor diferencia a intolerância da alergia são os sintomas. Por isso, separamos aqui os principais para que você possa entender:

Alergia alimentar: urticária e vermelhidão na pele; dificuldade para respirar; inchaço no rosto ou língua; vômitos e diarreia.

Intolerância alimentar: inchaço na barriga; dor no estômago; gases intestinais; sensação de queimação na garganta; vômitos e diarreia.

Algumas vezes não é possível identificar qual o alimento que causou a alergia, pois os sintomas variam de pessoa para pessoa. No entanto, os principais alimentos que causam alergia são: amendoins, castanhas, kiwi, frutos do mar, espinafre e tomate. Já a intolerância costuma acontecer com mais frequência pelo leite, ovos, trigo/ gluten nozes e morango.

Tratamento

A alergia costuma surgir na infância e há uma chance de desaparecer, seu sistema imunológico se desenvolve ao longo dos anos. No caso de a alergia não sumir, ela pode acompanhar a pessoa pelo resto da vida.

O tratamento da alergia e da intolerância alimentar é o mesmo. Trata-se de retirar da alimentação os causadores e todas as receitas que são preparadas com os alimentos que causam os sintomas. Há também a possibilidade de tratar com imunoterapia, que consiste na administração do extrato do alimento em doses crescentes no organismo, podendo ter efeitos colaterais, por isso é importante ter o acompanhamento de um médico especializado. Em ambos os casos restabelecer uma função intestinal completa e muito importante.

Na Reability você conta com todo o suporte médico necessário para tirar dúvidas sobre sintomas e tratamentos, entre em contato com a clínica e agende sua consulta: http://clinicareability.com.br/contato/

Referências

http://www.asbairj.org.br/files/alergia-inteolerancia.pdf
https://saude.abril.com.br/medicina/entenda-as-diferencas-entre-intolerancia-e-alergia-alimentar/
http://media.rtp.pt/agoranos/artigos/qual-a-diferenca-entre-intolerancia-e-alergia-alimentar
http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2012/07/entenda-diferenca-entre-alergia-e-intolerancia-alimentar.html
http://www.blog.saude.gov.br/51274-dia-mundial-da-alergia-conheca-a-diferenca-entre-sensibilidade-alergia-e-intolerancia-alimentar.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *